Todos nós conhecemos ou ao menos já ouvimos falar de gerenciamento de projetos, muito comum na área de tecnologia, hoje está presente nas mais diversas áreas e para os mais diversos tipos projetos, como a construção de um prédio, fabricação de um avião, organização de um evento, ou até mesmo nos planejamentos pessoais, e é exatamente disso que esse artigo trata, a utilização de algumas técnicas de projetos no nosso trabalho ou para projetos pessoais, falaremos mais especificamente sobre o modelo Canvas.

O Canvas é uma modelo bastante simples, porém, muito efetivo e que qualquer um pode utilizar nos projetos profissionais ou pessoais, metodologia que vem conquistando visibilidade não só nos ambientes de gestão de projeto como também nos modelos para negócios, carreiras ou adaptado para alguma área especifica.

O modelo a princípio foi proposto por Alexander Osterwlader no excelente livro Bussiness Model Generation como uma ferramenta de gerenciamento estratégico para desenvolver e esboçar modelos de novos negócios ou negócios já existentes.

Se trata de um mapa visual pré-formatado dos principais itens que constituem uma empresa, contendo nove blocos. As ideias representadas nos nove blocos formam o conceito do negócio, ou seja, a forma como você irá operar e gerar valor ao mercado, definindo seus principais fluxos e processos, permitindo uma análise e visualização do seu modelo de atuação no mercado.

Download – bussinesmodelgeneration.com/canvas

A ideia é desenhar ou imprimir esse quadro e aplicar a cada bloco lembretes autoadesivos (post-it) descrevendo os componentes da sua empresa, isso pode ser feito por você ou pelo departamento todo onde cada um descreve o que entende como relevante para cada bloco. É uma ferramenta que estimula o entendimento, a discussão, a criatividade e a análise de forma muito amigável.

O vídeo abaixo tem uma explicação mais detalhada sobre os nove blocos.

 

Muitas adaptações desse modelo foram feitas, o modelo de negócios pessoal é uma abordagem do método bastante interessante, onde a proposta principal é um plano de carreira ou reinventar sua carreira profissional.

No livro Business Model You (ldos mesmos autores de Bussiness Model Generation) o conceito é o mesmo, utilizar o mesmo método de uma página para desenhar modelos de negócios pessoais, que revelam novas formas de suas habilidades serem adaptadas às necessidades de mudança do mercado para revelar novas possibilidades na carreira e na vida.

Nesse modelo o principal recurso é você: seus interesses, habilidades e capacidades, personalidades e os bens que você possui e controla.

A ideia é elaborar uma imagem clara e precisa de suas atividades profissionais estabelecendo a base para depois abordar elementos “leves” da carreira, tais como: satisfação, reconhecimento, estresse, exigência de tempo, contribuição social, etc.

Com relação a área de gerenciamento de projetos um modelo que é bastante utilizado é o Project Model Canvas desenvolvido pelo o Prof. José Finocchio, baseado nos princípios de que deve ser visual, agrupado, simplificado, estabelecido com base nos steakholdesrs e sequencial, esse modelo pode ser utilizado para projetos dos mais variados fins.

Apesar de utilizar alguns conceitos pertinentes a área de gerenciamento de projetos isso não é nenhum impeditivo para o uso da modelo por pessoas que não são da área de projetos, são conceitos bem simples que com alguns minutos de leitura ou através do vídeo explicativo do Prof. José Finocchio (abaixo) é fácil entender e aplicar.

De uma maneira geral o Canvas é um modelo poderoso para organizar ideias e ter um mapa visual dos principais aspectos do projeto, é uma ferramenta bastante simples que pode fazer toda diferença.