O mundo está se transformando muito mais rapidamente por causa da tecnologia que nos cerca. Cada vez mais presente em nosso dia a dia, hoje desenvolvemos até certa dependência de diversos recursos, o GPS é um exemplo destas tendências que se tornaram primordiais e que são grandes facilitadores no nosso cotidiano.

De olho nessas tendências, um relatório da World Economic Forum listou as dez tecnologias emergentes que têm impacto direto na vida das pessoas. Bernard Meyerson, presidente do órgão e diretor de inovação da IBM, acredita que estar atentos a estes indicadores será crucial para transformar radicalmente o mundo. Então, vamos dar uma olhada no que este relatório elenca.

or-follow-his-blog-on-entrepreneurship-technology-and-education

1. Nanosensores e Internet das coisas
Milhões de dispositivos conectados trazem oportunidades para este cenário. O relatório indica que nanosensores terão grande expansão e terá um impacto ainda maior que a própria Internet das Coisas. Esses componentes poderão estar até dentro do corpo humano, nas mobílias de uma casa e vão transformar as indústrias como as de arquitetura, agricultura, saúde e farmacêutica.

2. Uma nova geração de energia limpa para baterias
De acordo com o estudo, baterias de sódio, alumínio e zinco, juntamente com soluções avançadas de armazenamento de energia, permitirão a criação de “minigrids”, que oferecerão energia limpa para uma pequena cidade ou vila.

3. Blockchain
O termo vem se destacando principalmente em estratégias de inovação de bancos e fintechs. A tecnologia serve como um repositório público de transações, listadas em ordem cronológica, e gera um “potencial imenso de modificar a forma como mercados e governos operam”, afirma o Fórum. Estes projetos vêm recebendo quantias consideráveis para seu desenvolvimento e evolução.

4. Materiais 2D
Enquanto a impressão 3D recebe toneladas de atenção, os materiais 2D também ganham bastante espaço. Possíveis revoluções de materiais como o grafeno, que pode ser usado para produção filtros de ar e água, além de wearables e baterias/sistemas de energia podem ser produzidas através desta tecnologia.

5. Veículos autônomos
O Google já tem desenvolvido teste de veículos sem motorista. Isso impulsionou o interesse de diversos players – inclusive grandes montadoras – para temas de veículos autônomos. No caso do relatório, há uma atenção especial para temas de segurança trazidas pelo conceito, além de redução nas emissões de poluentes e ganhos econômicos trazidos pelo compartilhamento de recursos.

6. Chips no papel de órgãos
Pesquisadores desenvolveram modelos de órgãos humanos “do tamanho de um cartão de memória”. A descoberta pode revolucionar a pesquisa e a descoberta de novas drogas. Esses órgãos em miniatura podem ser usados para estudar comportamentos biológicos de uma forma que até então era impossível.

7. Células solares de Perovskita
Este material é um mineral na forma de cristais pseudocúbicos que traz inúmeras vantagens frente ao silício na construção de células solares. Trata-se de um componente mais fácil de ser produzido e que gera energia de forma mais eficiente. Por isso existe uma grande aposta nele para revolucionar a indústria de energia limpa e renovável.

8. Ecossistema aberto de Inteligência Artificial
A Big Data é uma realidade, combinada com avanços em algoritmo, além da capacidade de processar linguagem natural, acarretarão um grande potencial para o desenvolvimento de assistentes digitais, que ajudarão humanos a melhorar suas vidas. Outras pesquisas apontam que esta tecnologia irá “roubar” 7% dos empregos nos EUA até 2025.

9. Optogenética
Optogenética refere-se a técnicas que combinam luz, genética e bioengenharia. É a habilidade de usar a luz para controlar células vivas em um tecido vivo. Cientistas têm utilizado recursos de luz e cor para interagir com neurônios nos cérebros. Estes permitem entregar comunicação por meio de luz em camadas mais profundas do cérebro humano, refletindo em novos tratamentos para problemas cerebrais.

10. Engenharia de sistema metabólico
Pesquisadores trabalham para criar combustíveis, químicas e materiais de fontes renováveis. O uso de plantas irá desencadear uma revolução em termos de facilidade e custo.